QUEREM LIMITAR A ZUEIRA

21.Jun.18 | 14:55

Antes de gritarem ao universo que a Zueira Não Tem Limites, este blog aqui sempre zuou tudo e todos desde 2004. Dos inimigos, aos indiferentes e principalmente os mais próximos. O chamado “fogo-amigo” sempre foi bem vindo ao estômago deste Jacaré Banguela que adora temperar todos os assuntos com uma boa dose de bílis.

Não muito diferente de nós, o mundo também sempre usou o fracasso alheio como motivo de piada. Taí os amigos alemães e sua promoção 7×1 de salsichas:

35776222_10217039749291145_7077100862417403904_n

Malditos! Que piada boa! Façam mais!

Rir da fraqueza alheia nem sempre nos distancia da vítima, às vezes é justamente o humor que une todo mundo. Quem nunca fez uma merda na escola, foi zuado pelos amigos e dias depois estava zuando a zueira e rindo junto com todo mundo? Assim é a vida!

Já dizia um sábio: “Se a vida lhe der hipotireodismo, faça pães-de-queijo!”

WhatsApp Image 2018-06-21 at 14.06.03

Ou melhor ainda! “Se a vida lhe causar prazer, não deixe de senti-lo novamente!”

WhatsApp Image 2018-06-20 at 15.19.04

Não é por acaso que sempre enaltecemos os fortes! Eles são exemplos de superação seja qual for a sua área. Exaltamos os atletas que vencem, os empresários que triunfam, o pobre que dá a volta por cima e até mesmo o drogado que aprende a lidar com o vício.

Enquanto alguns se curam, outros passam a vida apenas lidando com aqueles momentos de fraqueza e tudo o que eles querem é ser tratados como alguém comum, normal, como qualquer pessoa seria tratada. Aí vem o humor novamente!

xrafael.jpg.pagespeed.ic.IJxqrBG4SM

Rafael Ilha fazendo uma piada que dura… dura… dura…

Lembra aquela cagada do colégio que vira piada pra nós mesmos? Pois então, a piada é o que faz a gente banalizar as coisas ruins. Rir é mostrar superioridade às coisas que nos incomodam.

Olha só esse documentário sobre fazer piadas com o holocausto chamado “A Última Risada”:

São comediantes zuando tudo em relação à algo terrível. A senhorinha de cabelo branco é uma sobrevivente do holocausto e adora piadas sobre o assunto (eu assisti o documentário. É realmente ótimo).

E chegamos ao ponto de “polêmica”. Um vídeo que eu recebi em um grupo do whatsapp, ri e compartilhei no meu instagram.

 

O Casagrande foi viciado em cocaína? Sim. Ele fala abertamente sobre isso? Muito! Tem até uma série dele com o Dr. Dráuzio Varella no Fantástico sobre o assunto. Então ele é bem resolvido com o tema? Sem dúvida!

Por isso vale a piada. Mais do que isso! Não é nenhuma novidade relacionar o Casagrande + cocaína + futebol + Maradona, por exemplo:

 

Mas como a mídia ADORA jogar tudo pra baixo a fim de ganhar clicks em manchetes chamativas, adivinha quem foi alvo dela e adorou ser?

casagrande-uol

Uhullll!!!! MÃE, TÔ NO UOL!!

Apesar de uma fatia do público que me acompanha nas várias redes que eu estou não ter gostado da piada, eu vou seguir fazendo elas. Entenda que nem tudo no mundo foi feito pra TODO MUNDO gostar.

Filmes de terror, comida muito apimentada e andar de moto não é algo que eu goste, mas nem por isso vou proibir as pessoas de gostarem ou farei campanha para que não usem.

O mundo é muito grande, muita coisa acontece e tem gostos pra todos.

Eu não sou do tipo de ficar dando chiliquinho por aí e brigando com as pessoas porque não me chamo Galvão Bueno.

#PAS

Share on FacebookTweet about this on TwitterGoogle+Pin on Pinterest

Comentários